(21) 3415-9400      redetrauma@redetrauma.com.br    |   

O que é distensão muscular?

A distensão muscular é o estiramento de um músculo ou tendão próximo a uma articulação (que se prende ao osso), o que desencadeia a ruptura de algumas fibras musculares e dos vasos sanguíneos que as irrigam, gerando inflamações locais.

As causas incluem um esforço excessivo, repentino ou repetitivo para realizar uma contração muscular - durante a prática de algum esporte de impacto, como corrida, futebol, vôlei ou basquete, por exemplo. E, neste contexto, pode acometer tanto atletas profissionais, quanto pessoas comuns durante alguma atividade física ou cotidiana que exige o mesmo esforço muscular e articular.

O principal sintoma é a dor forte e localizada perto de uma articulação, que surge logo depois da pancada. Além disso, dificuldade para se movimentar, fraqueza muscular, hematomas e inchaço no local lesionado. A partir daí, aconselha-se parar a atividade física e procurar auxílio médico o quanto antes para realizar exames de imagem que ajudarão a identificar e classificar a lesão de acordo com a gravidade.

O tratamento consiste em repousar a região afetada, administrar analgésicos e anti-inflamatórios (pomada e comprimido) sob orientação médica, além das compressas geladas na fase inicial e de sessões de fisioterapia, se necessário.  

Os fatores de risco incluem: falta de condicionamento físico e de técnica adequada para realizar o exercício; falta de aquecimento antes da prática; alongar ou forçar a musculatura além do limite corporal; cansaço extremo e excesso de peso. Assim, para prevenir a distensão muscular, deve-se manter o músculo devidamente fortalecido e alongado constantemente, respeitando os limites do próprio corpo e evitando treinar sem orientação profissional.

Fonte: Medical Site

06 de Agosto de 2020