(21) 3415-9400      redetrauma@redetrauma.com.br    |   

Síndrome do piriforme: uma causa comum da dor no quadril

As dores no quadril são frequentemente associadas a artrite, artrose, bursites e dor ciática. Mas uma outra causa bastante comum é a síndrome do piriforme, que pode ser bem dolorosa.

O piriforme é um músculo localizado no quadril, em uma área profunda da nádega. Sua principal função é estabilizar a pelve e facilitar os movimentos rotacionais das coxas.

A síndrome do piriforme acontece principalmente porque o nervo ciático está em uma posição diferente da usual, passando por dentro das fibras do músculo. Dessa forma, quando há alguma contratura no piriforme, o nervo é pressionado e causa dor.

Esta síndrome é muito comum em ciclistas, corredores e outros atletas que exercitam muito as pernas, inclusive os amadores. Pode, também, atingir pessoas que passam muito tempo sentadas.

Os principais sintomas da síndrome do piriforme são dor lombar que irradia para atrás das coxas, passando pelas nádegas e indo até o joelho. Pode acontecer em apenas uma das pernas ou nas duas ao mesmo tempo. Nos casos mais sérios, é possível que o paciente sinta formigamento e perda de sensibilidade no local da lesão.

O tratamento visa ao alívio dos sintomas através do uso de medicamentos e fisioterapia, para reabilitar a área lesionada, fortalecer e alongar o músculo. Esta é uma condição que poderá reaparecer em diversos momentos, mas seguir o tratamento prescrito pelo médico ajudará a espaçar as crises.

Fonte: Medical Site