(21) 3415-9400      redetrauma@redetrauma.com.br    |   

Instabilidade crônica do tornozelo

A instabilidade crônica do tornozelo ocorre após uma série de entorses em que há uma lesão nos tecidos, alterando a capacidade de equilíbrio.

Essa condição tem como principais sintomas desconforto e inchaço persistente, dor ou sensibilidade, e fraqueza ou insegurança em alguns movimentos que exigem mais do tornozelo. Tudo isso pode ficar mais evidente após uma série de torções nos tornozelos, principalmente em superfícies irregulares ou na prática de atividades físicas.

Quando o médico ortopedista diagnostica uma instabilidade crônica do tornozelo, existem algumas opções de tratamento:

Fisioterapia: foca no fortalecimento da musculatura da região, auxiliando na estabilidade do tornozelo. Além disso, trabalha a mobilidade e o alongamento da região.

Imobilizadores: dão mais conforto no dia a dia e evitam novas torções.

Medicações: podem ser recomendadas para aliviar a dor, o inchaço e o desconforto.

Ao surgirem os sintomas e notar a lentidão na melhora, o ideal é buscar ajuda de um médico ortopedista para evitar que o quadro se agrave e haja um dano maior nos ligamentos da região.

Fonte: Medical Site